Para que serve a Utopia

image_pdfimage_print
Post (0146)+Vídeo
Eduardo Galeano conta algo que aconteceu com ele:
– Há algum tempo quando estava em uma universidade da Colômbia dando uma palestra junto com um grande amigo, um dos diretores mais antigos de filmes da Argentina às vezes chamado de “O Pai do Cinema Latino-americano” – Fernando Berri – éramos jovens.
Os estudantes faziam perguntas, às vezes para mim e às vezes para ele e foi na vez dele a pergunta mais difícil de todas. Um estudante se levantou e lhe perguntou: – Para que serve a utopia ?

Eu olhei para ele com pena, pensei, esta encrencado, Fernando, depois de uma pausa pensativa respondeu magnificamente da seguinte forma:

“Eu acordo todos os dias da minha vida me perguntando a mesma coisa. Para que serve a Utopia?”

A utopia afinal é como o horizonte, você nunca pode alcançar o horizonte e disse mais, eu sei que nunca o alcançarei, se me aproximo dois passos, e ela se afasta dois passos. Caminho dez passos em sua direção e o horizonte corre dez passos para trás. Utopia não é diferente. Ela vai se distanciando quanto mais me aproximo e por mais que eu caminhe nunca a alcançarei. Então eu pergunto a mim mesmo:

– Qual é o propósito da Utopia ?
– Para que serve a Utopia?
– Serve para isso, concluo:
Para nos fazer continuar caminhando. Para nos fazer continuar caminhando em direção a ela. Para o horizonte. “

Como dito por Eduardo Galeano na Radio 3 da Espanha –NG Canela – Outubro de 2011

Sobre Norberto Geraldi

Residente em Canela / RS / Brasil - Aniversário 16 julho - Brasileiro - Casado
Esta entrada foi publicada em -Histórias, E.H.Galeano, F.Berri, vds e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *