Atitude

“Quanto mais eu vivo, mais percebo o impacto da atitude na vida. A atitude, para mim, é mais importante que os fatos. É mais importante que o passado, do que a educação, do que as circunstâncias, do que os fracassos e   do que os sucessos. Do que o que as outras pessoas pensam, dizem ou fazem. É mais importante do que a aparência, a superdotação ou a habilidade. Vai fazer ou quebrar uma empresa, uma igreja, uma casa… O que é notável é que temos uma escolha todos os dias. Em relação à atitude que abraçamos para aquele dia, não podemos mudar nosso passado … Não podemos mudar o fato de que as pessoas agirão de uma certa maneira, não podemos mudar o inevitável, a única coisa que podemos fazer é tocar a única corda que temos , e essa é a nossa atitude … Estou convencido de que a vida é 10%, o que acontece comigo e 90% como eu reajo a ela.

E assim é com você …
Nós estamos no comando de nossas atitudes ”

Texto de Charles Rozell “Chuck” Swindoll ele é um religioso, autor, radialista e educador. Fundou a missão Insight for Living, com um programa que vai ao ar no rádio em mais de 2000 estações do mundo em 15 línguas.

Post (317) – Janeiro de 2019

Chega de angústia

Eu poderia desejar-lhe um tradicional “Feliz Natal”, mas isso garantiria dois dias de felicidade. Já votos protocolares de “Boas Festas” se estenderiam por uma semana. Por isso, quero desejar a você algo capaz de perdurar por todo um ano: “Chega de angústia!”

Ansiedade e angústia tornaram-se companheiros indesejados. A ansiedade representa um estado de impaciência, de inquietação, um desejo recôndito de antecipar uma decisão, de abreviar uma resposta, de aplacar expectativas.

A angústia é uma sensação de desconforto, um mal-estar físico que oprime a garganta, comprime o diafragma, acelera o pulso, e um mal-estar psíquico que aflige, agoniza, atormenta.

 A ansiedade é um tempo que não chega; a angústia, um tempo que não vai embora.

Continue lendo “Chega de angústia”

image_pdfimage_print